LinkedIn acredita na ampliação de seus serviços com a nova aquisição da Pulse.


A maior rede de relacionamento profissional esta ampliando seus horizontes, no último dia 18 o LinkedIn anunciou a compra da aplicação móvel Pulse, que funciona como um acumulador de conteúdos na internet, tais como: notícias e blogs.

O LinkedIn desembolsou 90 milhões de dólares pela aplicação que surgiu a partir de um trabalho acadêmico de Ankit e Akshay no ano de 2010 na Universidade de Stanford e que atualmente era detida pela empresa da Califórnia Alphonso Labs.

O valor pago será 90% em ações e 10% em dinheiro, informou a rede social, segundo ela a Pulse conta com mais de 30 milhões de utilizadores de cerca de 190 países e distribui conteúdos de mais de 750 editoras.

 

Linkedin e Pulse

“Acreditamos que o LinkedIn pode ser a derradeira plataforma de conteúdos profissionais – onde todos os profissionais podem consumir informação e as editoras podem partilhar os seus conteúdos”, afirma Deep Nishar, vice-presidente de produtos do LinkedIn, numa nota publicada no blog oficial da rede social.

 “Acreditamos que podemos ajudar todos os profissionais a tomar decisões mais inteligentes e fundamentadas, alavancando o excelente conhecimento sobre negócios que circula pelo LinkedIn sob a forma de notícias, post , atualizações sobre as diferentes indústrias, discussões ou comentários, a  Pulse é o complemento perfeito para esta visão”, completa.

Como será a integração do LinkedIn com a Pulse ainda não se sabe, porém os criadores da Pulse garantem que a aplicação não irá sofrer mudanças em curto prazo.

“Por enquanto, a app Pulse continuará a ser a mesma de sempre, e as duas equipes (do LinkedIn e da Pulse) estão entusiasmadas por poderem trabalhar em conjunto para criar novas ferramentas que sejam “cool” e úteis”, afirmam Akshay Kothari e Ankit Gupta no blog da Pulse.

Nos resta apenas esperar e ver como irá ficar o LinkedIn, e você quer acrescentar algo a esta noticia? Fique a vontade e deixe seu comentário.

Comentar

  • (não será publicado)