Praga virtual causa insegurança aos brasileiros que utilizam “internet banking” como ferramenta facilitadora.


Os vírus são conhecidos pelos estragos que fazem aos nossos computadores, mas foi divulgado esta semana um vírus que causa estragos em nossas contas bancárias e também insegurança em utilizar uma ferramenta que já faz parte do dia-a-dia de muitos brasileiros o internet banking.

Segundo uma análise do site de segurança “Linha Defensiva” o vírus atuante no Brasil manipula a “linha digitável” de boletos bancários acessados pela internet, modificando o código numérico da conta, desta forma desviando o pagamento para outra conta.

Apesar de ter sido identificado o vírus está manipulando boletos há três semanas, ao acessar um boleto on-line, em qualquer site ele altera o código de agência e a conta do cedente, para a conta de outra pessoa. Os boletos fraudados são difíceis de serem identificados, pois possuem as mesmas características de um boleto original, tais como: a logo do banco, o número do banco, o valor do pagamento e a data de vencimento, entretanto, o código de barras do boleto não funciona acusando erro, forçando a vítima a digitar o código numérico.

Vírus

Mesmo quem não faz uso do internet banking como, por exemplo, pessoas que emitem segunda via de boleto e realizam compras pela internet podem ser atingidas pelo vírus.

Preste atenção quando for emitir um boleto, sempre que este vírus modifica as linhas digitáveis dos documentos utiliza números parecidos, assim fique atento, é aconselhável emitir mais de um boleto de diferentes pagamentos e reparar se os números são similares. Pode haver também incoerência na logo dos bancos e ao seu correto código de identificação.

Se você já foi uma vítima desse tipo de ataque, compartilhe conosco, pois desta forma, o seu comentário será um alerta para outras pessoas.

Um Resposta para “Praga virtual”

Comentar

  • (não será publicado)